TV Câmara

Carla Ayres (PT) protocola projeto de combate à gordofobia

A gordofobia, entendida como um preconceito sobre corpos gordos que causa o constrangimento, a violência e a exclusão por meio de uma opressão estrutural (legitimada pelas instituições sociais), está sendo cada vez mais discutida pela sociedade devido aos prejuízos que acarretam para pessoas gordas a níveis psicológicos, políticos, sociais e econômicos. 

Tendo em vista essa realidade, nos reunimos com algumas pesquisadoras e mulheres ligadas a movimentos de combate à gordofobia, como a Letícia de Assis (foto), ativista e pesquisadora da UFSC que coordenou o “Vai Ter Gorda na Praia Sul” em fevereiro de 2016. Na época, o movimento reuniu diversidade de corpos na praia, um território que é tradicionalmente atribuído aos “corpos perfeitos”. Como resultado das reuniões, apresentamos o Projeto de Lei 18285/2021, que institui o 10 de setembro como Dia Municipal de Conscientização e Combate à Gordofobia no calendário municipal. 

O projeto tem como objetivo dar visibilidade a discriminação e estigma social enfrentado por pessoas gordas a fim de garantir seu direito à cidade, saúde integral, educação inclusiva e ao trabalho. De acordo com a pesquisa Skol Diálogos, realizada pela Skol em parceria com o Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística) em 2017, 92% dos brasileiros admitiram sofrer com gordofobia no convívio social.

 

Confira o andamento do projeto: https://www.cmf.sc.gov.br/tramitacao/PL.-18285-2021