TV Câmara

Vereador Lino protocola projeto que prevê fornecimento de absorventes higiênicos nas escolas públicas e postos de Saúde

O mandato do vereador Lino Peres (PT) protocolou, no dia 19 de junho, Projeto de Lei para instituir o fornecimento de absorventes higiênicos nas escolas públicas e nos postos de saúde da rede municipal de Florianópolis. Segundo pesquisas, muitas estudantes faltam cerca de cinco dias de aulas por mês, durante o período menstrual, uma média de 45 dias de aulas por ano, por falta de recursos sanitários e de higiene, o que acarreta consequências para o processo educacional e de socialização.

Essa realidade perpassa e estigmatiza as pessoas que menstruam, ou seja, as adolescentes, jovens e mulheres, motivando políticas públicas e ações sociais que as priorizem como sujeitos da vida pública dignas de medidas governamentais. A distribuição de absorventes higiênicos para estudantes de baixa renda ou que vivem em situação de extrema pobreza visa, portanto, prevenir doenças e a evasão escolar, bem como as  dificuldades de inserção no mercado de trabalho, em decorrência do isolamento forçado nesse período.

Essa política assemelha-se à campanha massiva de distribuição gratuita de preservativos masculinos e femininos em qualquer serviço público de saúde, promovida pela Anvisa pelo Disque Saúde (136). É uma política pública cujo objetivo principal é o de fortalecer o acesso e a permanência dos segmentos mais vulneráveis e com dificuldades básicas no âmbito das necessidades sanitárias.

Aproveitamos para indicar duas obras que levantam o debate sobre o tema:

O documentário indiano “Absorvendo o Tabu”, vencedor do Oscar de melhor documentário de 2019 e o documentário brasileiro “Nosso Sangue, Nosso Corpo”, que entrevistou jovens entre 13 e 19 anos do Brasil, Argentina, Índia e África do Sul e acabou de ganhar o Emmy Kids na categoria "Factual".

 

*A produção das Notícias dos Gabinetes é de responsabilidade do mandato de cada parlamentar. A Comunicação da Câmara Municipal de Florianópolis não responde pelo conteúdo das mesmas. Cada matéria é assinada pelo vereador autor e é de sua inteira responsabilidade.