Home Notícias CPI dos Táxis ouve Primeiros Depoimentos

INSTITUCIONAL

MEMBROS

LICITAÇÕES

LEGISLAÇÃO

EDITAIS

LRF

TRANSPARÊNCIA

TRAMITAÇÃO DE MATERIAS

DOWNLOADS

COMUNICAÇÃO

LOGIN


CPI dos Táxis ouve Primeiros Depoimentos
Qui, 13 de Junho de 2013 18:57

cpi_taxi_oitivas_13_06_13_8_7_20130613_1207863735

A Comissão Parlamentar de Inquérito dos Táxis da Câmara Municipal de Florianópolis começou a ouvir os depoimentos na tarde desta quinta-feira, 13 de junho. Os três primeiros depoentes convocados foram Marcelo Roberto da Silva, Juvencílio João de Souto e Norberto Stroisch Filho.

Marcelo Roberto da Silva, que esteve a frente da pasta nos segundo semestre de 2012 pediu sigilo em seu depoimento. Desta forma, puderam acompanhar a sessão apenas os vereadores que integram a CPI. Apesar de preferir fazer declarações sem a participação da imprensa e da sociedade em geral, o primeiro depoente, que é servidor efetivo da Secretaria, respondeu a todos os questionamentos feitos pelos parlamentares.

Juvencílio João de Souto optou por responder em sessão aberta. Funcionário de carreira há 31 anos, foi secretário adjunto da Pasta por cinco anos, de 2007 a 2012, e afirmou que a função que exercia era apenas decorativa e que não tinha poder de liberar a concessão de placas de táxis.

Norberto Stroisch Filho, que encerraria os depoimentos desta tarde, não compareceu e não justificou a ausência. Por isso, deve ser convocado para um novo dia, ainda sem data marcada. Norberto foi secretário de Transportes no primeiro mandato do ex-prefeito Dário Berger.

Na manhã desta sexta-feira acontecem mais três depoimentos. Marlene Bolan, João Batiste Nunes, ex-secretário de Transportes e atual Secretário do Continente e Valmir Humberto Piacentini, secretário de Transportes são os depoentes. 

A CPI dos Táxis foi instalada no dia 23 de maio para investigar as denúncias de irregularidades na concessão de placas de táxis na capital.

 

©2011 - Desenvolvedor - Software Livre - Joomla