TV Câmara

Norte da Ilha terá condomínio de entidades filantrópicas administrado pela Associação Beneficente Cultural Delta

sexta-feira, 12 Junho, 2020 - 14:05

O projeto de lei que autoriza a concessão de uso de uma imóvel para a construção de um espaço para a sede da Associação Beneficente Cultural Delta  (PL 17.829/2019), localizada no Norte da Ilha, foi aprovado pelos parlamentares da Câmara Municipal de Florianópolis na tarde desta terça-feira (09/06). A sede a ser construída funcionará como um “condomínio de entidades filantrópicas”.

Morador do Norte da Ilha, o vereador Marcelo da Intendência (Republicanos) reforça que a sociedade ganha com essa parceria, principalmente a comunidade dos Ingleses que a tempos lutava por um espaço para desenvolver reuniões e atividades na região. “Esse projeto foi encabeçado pela Associação Cultural Delta, mas a mesma entendeu a necessidade e as dificuldades de se ter um espaço público no nosso bairro dos ingleses. Eles iram fazer um condomínio onde será possível contemplar todas as associações que hoje não tem um local próprio para realizar as suas reuniões. Falo com propriedade, porque sei da dificuldade que essas associações têm para manter as suas atividades, por não ter um espaço”, afirma o vereador.

Além de garantir que as entidades contribuam para desenvolvimento do bairro, a proposta é que tenham também um espaço próprio para sua organização. Outros objetivos da iniciativa, de acordo com audiência pública que debateu o tema, são instituir projetos de capacitação de moradores para o turismo, de atendimento artístico e cultural para crianças, e desenvolver projetos em parceria com grupos de idosos, CONSEG, SOS Desaparecidos, entre outros.

Para o líder do governo na CMF, o vereador Claudinei Marques (Republicanos) a concessão dessa área no Norte da ilha é muito importante já que o espaço será usufruído por várias entidades que prestam diversos tipos apoio e atividades a sociedade. “Essa é uma área que estava ali parada e agora vai servir de amparo não só para associação Delta, mais para outras 21 associações poderão utilizar o espaço que será construído naquela área para aplicar a suas atividades. E isso vai trazer benefícios aos moradores da região. A prefeitura não está dando a área a associação, pelo contrário está cedendo por um período para que ali eles realizem suas atividades e para que as demais entidades possam desenvolver seus trabalhos.

A proposta estava em tramitação na Casa desde maio do ano passado. Agora aprovado em plenário, a legislação irá permitir a utilização pela entidade de um terreno com mais de 2 mil metros quadrados na região do bairro Ingleses por vinte anos, período que pode ser prorrogado com a comprovação dos benefícios gerados pela iniciativa.

Uma dos beneficiadas pelo espaço será a Associação Onda Azul, criada em 2015, que trabalha ensinando surf para crianças autistas e tem como objetivo desenvolver uma nova forma de terapia, inclusão e diversão para pessoas que têm autismo, envolvendo também suas famílias. Hoje o projeto tem atualmente 25 surfi­stas inscritos, assistidos por uma equipe de 8 profi­ssionais de diferentes áreas, e 10 auxiliares, todos trabalhando de forma voluntária para oferecer essa atividade de forma totalmente gratuita.

A associação Delta foi fundada em em maio de 2004, sem finalidade econômica, e tem como objetivos principais ações sociais e culturais que envolvam toda a comunidade local do Norte da Ilha. Foi decretada utilidade pública municipal através da lei 6.873/2005 e utilidade pública estadual conforme a lei 13.76/2006.