TV Câmara

Maria da Graça Vereadora: PL aprovado no município de Florianópolis estabelece cirurgias estéticas em animais como ato de maus-tratos

Nesta semana, foi aprovado em segunda votação, no município de Florianópolis o Projeto de Lei N°1771/2019, de autoria da Vereadora Maria da Graça (DEM), que reforça que as cirurgias estéticas em animais são uma prática de maus-tratos. Realizar uma ação dessas agora prevê não só a punição do veterinário encarregado do procedimento, bem como do tutor, que expõe o animal ao ato mutilatório.

As práticas cirúrgicas para fins meramente estéticos apontadas no PL são a caudectomia, conchectomia, cordectomia e onicectomia, que implicam no corte da cauda, orelhas, cordas vocais e garras dos animais, respectivamente. Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), tais atividades impedem a capacidade de expressão do comportamento natural da espécie, sendo consideradas desnecessárias e prejudiciais.

De acordo com os especialistas, há casos irreparáveis, como a caudectomia, que prejudica o equilíbrio do animal e se não tratado no pós-cirúrgico, acarreta na inflamação chamada “neuroma”, um ferimento que trará dor para o resto da vida do animal. Outro exemplo de danos é a cordectomia, que compromete os latidos e traz alto risco de infecção, devido ao acúmulo de tecidos nas cicatrizes, conferindo tosses crônicas, náuseas e problemas respiratórios.

A Vereadora Maria da Graça defende que o presente Projeto de Lei será de grande ajuda ao combate da crueldade aos animais no município: “Eles não podem se defender dessa violência, mas nós podemos ser a voz deles, criando leis de proteção cada vez mais específicas, para punir e não dar margem aos maus-tratos.”

 

*A produção das Notícias dos Gabinetes é de responsabilidade do mandato de cada parlamentar. A Comunicação da Câmara Municipal de Florianópolis não responde pelo conteúdo das mesmas. Cada matéria é assinada pelo vereador autor e é de sua inteira responsabilidade.