TV Câmara

Republicanos debatem “Setembro Amarelo” em Florianópolis

O vereador Claudinei Marques e deputado estadual Sergio Motta (ambos do Republicanos-SC) participaram na sexta-feira (13), do programa Sala de Visitas da Câmara Municipal de Florianópolis (CMF), sobre o tema “Setembro Amarelo”, que trata da conscientização e prevenção ao suicídio.

Na oportunidade, Claudinei Marques destacou a importância do empenho de todos na luta para combater esta causa de morte. “Temos apoiado as crianças e jovens em nosso mandato. Foi aprovado por unanimidade na Câmara um projeto de minha autoria, que visa combater a depressão infantil. Muitos acreditam que a mesma só atinge jovens e adultos, mas temos visto que há muitas vítimas dessa doença que leva a outras, como automutilação, e pensamentos suicidas desde a infância e para tanto, precisamos combater esse problema desde o começo”, contou o vereador, que completou: “Os números altos de suicídio em nosso país e principalmente em nosso estado precisam ser zerados. É importante dar maior atenção a todos ao nosso redor e lembrá-los de como são valiosos, e com atenção, valorizar a vida”.

Já Sergio Motta foi enfático e direto ao dizer que o poder público tem se esmerado para dar todo o suporte necessário com apoio clínico especializado através de psicólogos e psiquiatras. “Nossa parte enquanto parlamentar é a de fomentar mais e mais essa temática necessária, já estamos com um projeto de lei que visa dar maior ênfase em combate ao suicídio e temos visto em todos os parlamentares da Alesc o mesmo empenho em aprovar esse nosso projeto”, disse o deputado.

“A juventude faz parte da minha bandeira enquanto parlamentar. É o futuro que precisamos cuidar no presente, portanto, todos os esforços necessários nesse sentido serão destacados em nosso mandato”, finalizou Claudinei Marques.

Saiba mais

Falar de suicídio ainda é um tabu para a maioria das pessoas, mas as estatísticas mostram que 17% da população brasileira já pensou em tirar a própria vida em algum momento. Segundo estudo do Ministério da Saúde, Santa Catarina é o segundo estado com a maior taxa de suicídios de pessoas entre 10 e 39 anos.

O mês do “Setembro Amarelo” é uma oportunidade para derrubar alguns tabus e mitos sobre o tema, ampliar a conscientização sobre comportamentos de risco e facilitar medidas de prevenção. A principal forma de prevenir o suicídio é falar sobre o assunto, para que escolas possam realizar ações e jogar luz sobre isso e para que as pessoas próximas possam saber o que fazer e reconhecer os sintomas.

 

*A produção das Notícias dos Gabinetes é de responsabilidade do mandato de cada parlamentar. A Comunicação da Câmara Municipal de Florianópolis não responde pelo conteúdo das mesmas. Cada matéria é assinada pelo vereador autor e é de sua inteira responsabilidade