TV Câmara

Vereador Claudinei Marques recebe homenagem na Assembleia Legislativa de SC

O vereador Claudinei Marques (Republicanos) participou na noite da última quinta-feira (13), na Assembleia Legislativa Santa Catarina (ALESC), das homenagens às igrejas evangélicas do Estado, a pedido do deputado estadual Sergio Motta (Republicanos), as lideranças por todo o trabalho social e espiritual em prol de todos os catarinenses. O vereador também foi um dos homenageados da noite.

O ato especial foi para prestigiar todos que fazem a diferença na recuperação de pessoas toxicodependentes, depressivas, entre outros problemas. O foco principal da união das igrejas evangélicas é a busca pela ressocialização da população e construção de um pais cada vez melhor.

O evento foi acompanhado por um grande público, que lotou o auditório Antonieta de Barros, o Plenarinho e o segundo piso da Assembleia Legislativa, onde um telão foi montado para transmitir as entregas das placas e certificados aos homenageados.

A vice-governadora do Estado, Daniela Cristina Reinehr (PSL), representou o Executivo na solenidade, e falou em favor do voluntariado. “É um trabalho muito importante, as igrejas estão de parabéns e nós ficamos muito orgulhosos, muito satisfeitos, em ver que aqui em Santa Catarina há um trabalho tão bonito, que funciona muito bem, e que propicia que cada um se doe um pouco.”

Entre os vários tipos de ações realizadas pelas igrejas evangélicas estão o atendimento a idosos abandonados pela família, moradores de rua, viciados, jovens necessitados sem perspectiva de futuro, analfabetos, detentos e seus familiares, mulheres vítimas de violência, gestantes desamparadas. Em sua totalidade são brasileiros desassistidos, que recebem pouca ou nenhuma atenção do poder público.

“Sabemos que construímos um estado melhor quando participamos, isso tem sido realizado através dos trabalhos sociais e espirituais de cada igreja evangélica, que visa formar cidadãos para uma sociedade melhor”, destaca Claudinei.

O trabalho da Universal atinge sem distinção desde jovens a idosos. Os voluntários da Força Jovem Universal (FJU) e Calebe desenvolvem ações de educação e cidadania. São palestras, cursos, eventos esportivos, de música e danças que abordam temas delicados como consomem de drogas, automutilação, direitos da terceira idade, saúde.

“Programas sociais realizados pela Igreja Universal amparam cerca de 5% da população brasileira. Um balanço divulgado pela Igreja Universal apontou que em 2017 os programas sociais ajudaram 9 milhões de pessoas apenas no Brasil”, relata o vereador.